Carboidrato engorda?

Com certeza você já ouviu falar que carboidrato engorda, talvez já tenha até mesmo temido algum alimento fonte deste nutriente […]

Com certeza você já ouviu falar que carboidrato engorda, talvez já tenha até mesmo temido algum alimento fonte deste nutriente importante, e essa onde de “carbofobia” penaliza um grupo de alimentos que possui funções importantes e que é vítima de tantas falácias e dietas da moda. 

O Carboidrato, assim como qualquer outro nutriente, não tem a capacidade de engordar de forma isolada se consumido em quantidades adequadas, e um dado legal para assimilarmos sempre que o assunto for a capacidade engordativa do carboidrato é que dentre os macronutrientes, sendo eles: carboidratos, proteínas e lipídeos, o nutriente que possui maior densidade calórica por grama não são os carboidratos e sim os lipídios, também conhecidos como gorduras. Cada 1 grama de lipídios possui 9 kcal, enquanto proteínas e carboidratos possuem 4 kcal por grama. 

Um padrão alimentar adequado deve contar com todos os macronutrientes, e suas distribuições de acordo com os consensos nacionais e internacionais ficam em torno de 35 a 65% de carboidratos, 15 a 25% de proteínas e 20 a 40% de lipídeos. 

O carboidrato é muito associado ao ganho de peso por estar presente em alimentos com alta densidade calórica, como pizzas, bolos, pães, bebidas adocicadas, e que além disso são consumidos em grandes quantidades justamente por um dia terem sido classificados como “proibidos” na prática de dietas de emagrecimento e imediatamente excluídos ou abruptamente reduzidos de um hábito alimentar considerado saudável. Em resumo, trata-se mais de uma questão comportamental e de equilíbrio quanto ao consumo de alguns alimentos e preparações do que a capacidade do carboidrato em aumentar quilos na balança de forma isolada.  

Os carboidratos, assim como os demais macronutrientes, possuem funções importantes para manutenção do equilíbrio do metabolismo humano, também conhecido como homeostase, e em uma dieta adequada em calorias, que considere o seu gasto de energia diário, as atividades que realiza, porte físico e preferências alimentares, deve contar com uma quantidade de carboidrato adequada para o seu bem estar e individualidade. 

CRN364854
Isabela Xavier

Blog