Trilhas no RJ by Tatiana Sooz

O Rio de Janeiro respira esporte e para nós corredores de montanha é um grande privilégio ter trilhas para treinar […]

O Rio de Janeiro respira esporte e para nós corredores de montanha é um grande privilégio ter trilhas para treinar sem precisar sair da cidade.

Eu corro nas trilhas do Rio desde 2016 e me sinto super privilegiada por morar aqui.

Hoje vou trazer para vocês três opções que atendem todos os tipos de atletas, desde os iniciantes até os avançados.

Trilha do Morro da Urca (Pão de Açúcar)

A trilha é curta, tem 1,1km de extensão, mas com algumas partes bem íngremes. 

É uma ótima opção para quem está começando e também para quem quer treinar repetições em subida. 

O acesso é pela pista Claudio Coutinho no bairro da Urca.

Dica: vá cedo pois a trilha tem bastante movimento de turistas. 

Trilha do Pico da Tijuca

Uma das minhas trilhas preferidas, o pico da Tijuca é o segundo ponto mais alto da cidade, perdendo só para o Pico da Pedra Branca na zona oeste.

O início da trilha fica dentro do Parque da Tijuca no Alto da Boa Vista, no largo do Bom Retiro para ser mais exata, mas você também pode começar o treino desde o portão do parque, percorrendo as trilhas da parte baixa até chegar na trilha que dará acesso ao pico. 

Um bate e volta no pico da Tijuca desde o portão do parque totaliza um treino de 12km, vale muito a pena conhecer.

O portão do parque abre às 8h. 

Trilha do Cristo Redentor (via Parque Lage)

Falando em Rio de Janeiro, a trilha do Cristo Redentor não poderia ficar de fora. 

A trilha se inicia no Parque Lage e leva até o Corcovado, passando pelas Paineiras.

Após a trilha, você poderá contemplar o monumento do Cristo Redentor, localizado no alto do morro.

Ida e volta você terá um treino de 8.5km com um desnível positivo de mais de 700 mts, ou seja, vai fazer bastante força e ficar crace em subidas.

E aí, se animou para correr nas trilhas do Rio? Já treinou em alguma dessas?

Tatiana Sooz

Atleta de trail da Mombora

Blog